Tag: flash

Hummmmmm

Posted by – 08/04/2009

Resolvi oficializar o comentário mais repetido na Propus (e pelo visto, muito repetido na Internet), e criei o comentariobovino.com.

Sei que o site é só para diversão, mas revelou um problema que, em breve, deve ser resolvido: é muito difícil embutir qualquer mídia que não seja texto e imagem em páginas web. Sim, tive de recorrer à provável quase ubiquidade dos plugins Flash para embutir o som do “comentário”. Espero que o HTML5 resolva limitações como essa.

A propósito… a ASCII art é do pacote cowsay

Subvertendo a ordem: instalando Flash sem autorização

Posted by – 23/10/2008

Por agora todos já devem saber que na estação de trabalho do hospital só disponho de (argh!) Windows XP. Sim… eu sei… é uma m###a. Mas fazer o quê? Lá eu sou médico, lembram? É verdade que tudo de importante que eu faço de lá, faço remotamente, com meu velho e bom servidor Debian. (Tudo de importante que não diga respeito ao hospital, claro…).

Tudo começou quando resolveram (as forças ocultas, sabe?) substituir nossas estações por novas. A justificativa: atualização. Certamente não de software (continua o (argh!) Windows XP), mas aparentemente o hardware andava muito lento (hua! hua! hua! hua! hua!), aí resolveram trocar as máquinas. As novas estações vieram com tudo bloqueado… tivemos que chamar a Engenharia Clínica (nome chique para “Suporte de Informática”) para instalar o Firefox, já que um dos programas que utilizamos necessita dele. Lamentável…

O problema: não consigo mais ver as tirinhas do Garfield – uma atividade diária indispensável para a manutenção do bom humor – já que não foi instalado o plugin Flash. E agora? Chamar a Engenharia Clínica de novo? E justificar com o que? Sei lá, mas “manutenção do bom humor” não me pareceu uma boa justificativa para constar em um documento interno…

(Antes que você pergunte: sim, tentei instalar pelos meios “normais”; o erro foi – como esperado – que não possuía “privilégios administrativos suficientes”. Bah…)

Foi aí que eu resolvi racionalizar: Ora! O Firefox consegue gravar meus bookmarks (AKA Favoritos); se seguir a mesma lógica do Firefox no GNU/Linux, deve ter um diretório (AKA pasta no (argh!) Windows XP) onde eu posso colocar os meus plugins pessoais. A partir daí foi fácil… Eis a receita de bolo:

  1. Faça o download da versão .XPI do plugin Flash Player, que pode ser encontrado aqui. Um arquivo .XPI nada mais é do que um arquivo .ZIP (Dica: renomeie o arquivo para que o WinZIP – ou similar – o reconheça).
  2. Exploda o .ZIP em algum lugar… Estamos interessados nos arquivos NPSWF32.dll e flashplayer.xpt.
  3. Vá para a pasta %APPDATA%\Mozilla\. O %APPDATA% é uma variável que aponta para uma pasta onde são gravados os dados de aplicações (como os bookmarks).
  4. Se não existir (provavelmente não exista), crie uma nova pasta chamada “Plugins” (sem as aspas).
  5. Copie os arquivos NPSWF32.dll e flashplayer.xpt para lá.
  6. Reinicie o Firefox e voilà.

Veja bem… isso funcionou para mim. Mais provavelmente por que o (argh!) Windows XP é o inferno administrativo que é do que por alguma outra razão… Me imagino no lugar da Engenharia Clínica para administrar essa mixórdia…

Pelo menos agora posso ler as tirinhas do Garfield como de costume 😉

Jogo em flash mais viciante!

Posted by – 22/09/2008

Há uma semana que o pessoal do trabalho tem jogado Bloody Day part1, e tem sido realmente uma febre. Por enquanto o highest score (entre nós) é meu, com 4390 pontos, mas tenho certeza que será batido em breve…

Cuidado… é realmente viciante. Você foi prevenido.