É tempo de fisl de novo!

Posted by – 14/03/2009

É, já começou. Em breve teremos outra edição do Fórum Internacional Software Livre. Muita coisa aconteceu desde que começou (e desde que me integrei ao comitê organizador)… o evento cresceu e amadureceu rapidamente, tornando-se, talvez, o mais importante no cenário nacional e um dos mais importantes no cenário internacional.

A edição desse ano (de número 10) está sendo chamada de “edição especial”. Claro que sei de muita coisa dos bastidores (e muita coisa que será surpresa para os participantes, por isso não posso divulgar), mas o “especial” dessa edição, mais do que nunca, vai ser construído pela comunidade. Já vi que canais como Facebook e Twitter além do tradicional Orkut estão ativos para o evento e, sabendo que Marcelo Branco está a frente esse ano, já deve ser suficiente para inferir o sucesso da edição.

Já vi o nascimento e a morte de diversos eventos de software livre… Alguns grandes como o FISL, ameaçando tirar-lhe a posição de destaque que conquistou. Mas durante todo o tempo em que estive envolvido, o FISL foi ficando… Todos os anos alguém me pergunta o que eu acho q mantém o FISL vivo, mesmo diante das inúmeras adversidades por que todos os eventos passaram.

Um ingrediente para o sucesso do FISL é a rotatividade. No comitê organizador, pessoas vem e vão, sempre encontrando terreno fértil para as suas melhores idéias, provando que o importante é a renovação: a cada ano o FISL se reinventa. Muitas vezes, paga o preço da inovação: quando decidimos que o sistema de inscrição de um fórum de software livre devia ser, igualmente, software livre não previmos que um erro de programação poderia gerar uma multidão ansiosa diante dos guichês de chegada. Sim, o erro foi corrigido desde então, mas tivemos de ouvir por mais de uma vez “se tivessem usado o software não livre X, nada disso teria acontecido”… Talvez não, mas os princípios do FISL sempre foram mais importantes e sempre deram força para prosseguir.

No entanto, cada vez mais estou convencido que o modelo do FISL é o seu coração, e é o motivo que o mantém forte diante das adversidades: não é uma feira, é um fórum… um lugar aberto para que a comunidade se encontre e, de quebra, assista a algumas palestras sobre algo de seu interesse.

Na Roma antiga, o fórum era o lugar mais importante, onde todos os cidadãos de encontravam. Na Grécia, o ágora (equivalente ao fórum) era o centro político e social, sede das decisões que eram emanadas da reunião dos cidadãos, do coletivo. Seria demagógico dizer que pensei no FISL quando estive nesses dois locais, mas retrospectivamente falando, as semelhanças não podem ser ignoradas. Não é a toa que a principal e maior área da planta do FISL é dedicada aos coletivos de software livre, às comunidades e aos grupos de usuários; não é a toa que as palestras são propostas (e avaliadas) pela comunidade, e que apenas um punhado delas é reservada aos patrocinadores. É tão fácil ver dois hackers combinando um encontro no FISL quanto é fácil imaginar dois cidadãos romanos combinando um encontro em frente ao templo de Pollux e Castor.

Enfim, um grande evento é construído por grandes pessoas. Não estou aqui me referindo ao comitê organizador… Estou me referindo a todos os participantes do FISL: você faz o fórum…

Nos vemos lá!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *