Versão somente áudio da Audiência Pública do PLC 89/2003

Posted by – 10/12/2008

Como eu havia prometido em um comentário antigo (depois de devidamente “lembrado” pelo João Sérgio), acabo de fazer o upload da versão “somente áudio” para a Audiência Pública sobre o PLC 89/2003.

A idéia de uma versão “somente áudio” é economizar o download, evitando que um arquivo tão grande quanto os de vídeo seja transferido quando somente o áudio já é suficiente. Então ajustei meu objetivo em reduzir o arquivo original para 20% do seu tamanho na versão “somente áudio”… A seguir descrevo os passos que usei para obter essa versão:

1. Extraindo o arquivo original do Google Video.

Graças ao leitor Gilson Karas, obtive o endereço para o vídeo da audiência. Utilizei o plugin UnPlug do Firefox para extrair o arquivo em Flash Video – um arquivo de 365,9 Mb. Meu objetivo passou a ser 73-74 Mb.

2. Cortando o vídeo e deixando somente o áudio.

O arquivo resultante (chamarei de audiencia.flv) tinha um stream de vídeo em formato Flash e um stream de áudio em formato MP3. Usando o ffmpeg:

bash$ ffmpeg -i audiencia.flv -vn -acodec copy temp.mp3

Infelizmente isso resultou em um arquivo MP3 muito grande (129 Mb, ou 35% do original com vídeo)…

3. Recodificando o arquivo MP3

Resolvi aplicar alguma mágica e recodificar o arquivo para tentar reduzir os 15% que faltavam. Usei o LAME que está empacotado para o Debian. Aproveitei e coloquei algumas tags (lembre que no site da TV Câmara está explícito que a reprodução é autorizada mediante citação da mesma… que maneira melhor de citar a TV Câmara em um arquivo de áudio do que em suas tags?). Eis o comando resultante:

bash$ lame --vbr-old -V 4 -m m --tt "Audiencia Publica PLC 89/2003" --ta "TV Camara 13/Nov/2008" --ty "2008" --tl "PLC 89/2003" --tg 12 --tc "Originalmente no Google Video - http://video.google.com/videoplay?docid=7432623562478685874" -c --resample 16 --highpass 0.125 temp.mp3 audiencia.mp3

As opções que representam tags são auto-explicativas… A “mágica” está no “resample” (reduzi de 22.05 no original para 16), no filtro “passa-alta” setado em 0.125 e na utilização de VBR. Essas opções serviram para reduzir o tamanho do arquivo e, ao mesmo tempo, cortar os ruídos baixos (abaixo de 125 Hz) que nem seriam ouvidos de qualquer forma.

O arquivo resultante ainda manteve razoável qualidade e com apenas 79 Mb. Não atingi os 20% almejados, mas com 21,6%, encerrei a sessão 😉

O resultado pode ser encontrado aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *