Oficina no Consegi 2008

Posted by – 30/08/2008

Ontem estive em Brasília para uma oficina de streaming de vídeo no Consegi 2008. A oficina foi excelente, com boa participação apesar de termos uma sala pequena e computadores não preparados.

A oficina foi ministrada como uma palestra, com introdução de Karinna Bueno, apresentação básica sobre Streaming a cargo do VJ Pixel, e estudo de dois casos, o da TVSL, a meu cargo e o da transmissão de um evento da ONU (utilizando software não-livre em parte), a cargo do Fabrício Tamusiunas do NIC.br.

Depois de um breve intervalo, comecei com alguns demos (uma vez que os computadores não haviam sido preparados, deixei de lado o hands-on) utilizando a versão 0.5.2 do Flumotion. (Essa é uma versão de desenvolvimento, o que trouxe alguns problemas, mas nada que não fosse superado facilmente… Agora tenho de tentar reproduzir o que ocorreu para ver se encontro o problema… mas isso é outra história…) Infelizmente o tempo agiu contra nós e não pude chegar nos demos mais interessantes, que são aqueles em que envolvo programação em Ruby com pipelines GStreamer… Vou ver se gravo um video desse demo para postar aqui.

Enquanto isso, a parte mais “formal” com a apresentação do caso da TVSL, pode ser encontrada aqui. Não há grandes diferenças em relação à palestra do Debian Day, uma vez que o caso é o mesmo… mas vale a pena dar uma olhadinha.

A todos que nos agüentaram quase a tarde inteira lá no Consegi, muito obrigado. Se tiverem dúvidas, perguntas, podem postar aqui mesmo.

4 Comments on Oficina no Consegi 2008

  1. spectra says:

    Pois eh… O problema do GStreamer parece ser o mesmo problema de todos os projetos open source de bibliotecas: pouca documentacao organizada de forma facilmente acessível. Acaba que olhar o codigo jah escrito com a biblioteca se torna importantissimo (ou acompanhar a lista de desenvolvimento). O playbin ficou bom a partir da serie 0.10… na 0.8 eu tambem usava uma rede de demuxers, decoders, etc… Aih comecei a ler o codigo da 0.10 (principalmente os samples) e BINGO… lah estava ele.

  2. spectra says:

    Tah usando playbin? Eh muito simples com o playbin…

    playbin = Gst::ElementFactory.make('playbin')
    videosink = Gst::ElementFactory.make('autovideosink')
    audiosink = Gst::ElementFactory.make('autoaudiosink')
    playbin.uri = "file:///tmp/meuvideo.ogg"
    playbin.video_sink = videosink
    playbin.audio_sink = audiosink
    playbin.ready
    playbin.play
  3. Gustavo says:

    “Tah usando playbin?(…)”

    Tava não cara. Que aperto, pois estava tendo que conhecer o vários decoders para tratar os vários codecs possíveis. O playbin já faz isso ‘automagicamente’.
    Agora o desafio é entender um pouco mais o d-bus e capturar as mensagens.

  4. Gustavo says:

    Legal cara.
    Tô passando um aperto para colocar um player para rodar beleza com Ruby e Gstreamer. Qualquer coisa posta aí.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *